Fechar
Abrir

Caldeira Cabral destaca papel da Lusa no “combate pela liberdade e rigor”

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, realçou hoje o trabalho feito pela agência de notícias portuguesa, que celebra 30 anos, na defesa da liberdade e do rigor no jornalismo.

“A Lusa é uma instituição muito importante que se tem afirmado pelo combate pela liberdade e pelo rigor”, afirmou aos jornalistas o governante, à margem da conferência que assinala as três décadas da agência.

“Hoje em dia, um dos grandes desafios é não só o rigor da notícia face a tempos cada vez mais apertados, mas é também saber distinguir entre a espuma dos dias e as coisas que são importantes”, sublinhou.

O ministro foi um dos oradores na conferência “Portugal: entre o rigor e a audácia”, que decorre na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, onde foram abordados temas relacionados com o futuro do país e o seu papel no seio da União Europeia.

“As questões que estivemos aqui a discutir sobre a política europeia e o crescimento económico da União Europeia são muito importantes”, vincou, considerando que o segundo ponto “não se faz com polémicas estéreis, faz-se com mais inovação, mais ousadia, mas também muito rigor”.

Questionado sobre o Orçamento do Estado de 2016, Caldeira Cabral assinalou que se trata de “um orçamento de rigor, mas é um orçamento que de facto tem audácia de fazer a mudança”.

E salientou: “É esse o compromisso que se tem que ter. É preciso ter audácia e coragem para fazer as mudanças, mas fazê-lo com rigor. Ter rigor nas contas públicas é um objetivo que assumimos, como Governo português, e um objetivo importante para Portugal”.

Voltar atrás