Fechar
Abrir

Países da zona euro devem investir mais para crescer mais

A eurodeputada socialista, Maria João Rodrigues, afirmou hoje que todos os países da zona euro, sobretudo os que têm mais excedentes, devem reforçar o investimento para atingir patamares de crescimento económico superiores aos atuais.

“Temos de chegar a patamares de crescimento superiores, os países com mais excedentes devem reforçar a sua procura interna e todos os países da zona euro devem investir mais”, apelou a eurodeputada e relatora do Parlamento Europeu para a política económica europeia, na conferência comemorativa do 30º aniversário da Lusa “Portugal entre o rigor e a audácia”.

A ex-ministra do Trabalho de António Guterres salientou que Portugal deve “plasmar uma estratégia de crescimento de forma a que seja difícil às instâncias europeias dizer que não” e deve “ir a jogo”, recorrendo a vários instrumentos de investimento, como os fundos comunitários ou o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, mais conhecido como ‘plano Juncker’.

Maria João Rodrigues considerou que “é possível ter uma trajetória de consolidação orçamental” e ao mesmo tempo proteger o estado social e alavancar o crescimento, mas para tal é preciso “atuar para alterar o quadro europeu” e discutir um ‘policy mix’ mais adequado para a zona euro.

“Temos de conseguir instrumentos para investir, tem de se abrir a discussão sobre a necessidade de dotar a zona euro de instrumentos de estabilização macroeconómica e apoios à convergência estrutural”, defendeu, sublinhando que “esta zona monetária se deve dotar de capacidade orçamental para fazer aquilo que os orçamentos nacionais já não podem”, bem como de instrumentos para tornar a dívida pública mais sustentável.

Voltar atrás